25151923_411440505939867_3569329679897788637_n

Condições Meteorológicas Adversas

Posted on Posted in Avisos / Informações

Aviso VERMELHO até dia 12 dezembro 2017, devido a chuva forte e persistente, vento forte com rajadas que podem atingir os 130 Km/h e queda de neve na cota 800 a 1000 m em alguns concelhos do Distrito de Viseu.

Dez conselhos à população

A Proteção Civil refere que o impacto da tempestade pode ser minimizado “com a adopção de comportamentos adequados” e deixa uma dezena de recomendações à população.

• Fixar as estruturas soltas, nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas

• Observar especial cuidado na circulação e permanência junto a áreas arborizadas, devido à possibilidade de queda de ramos e árvores em virtude de vento mais forte

• Evitar a circulação e permanência nas terras altas, onde as rajadas de vento esperadas são fortes ou muito fortes

• Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e a retirada de inertes e outros objectos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas

• Abster-se de atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas e/ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas

• Adoptar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível acumulação de neve e formação de lençóis de água nas vias

• Proceder à colocação das correntes de neve nas viaturas sempre que se circular nas áreas atingidas pela queda de neve

• Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas mais vulneráveis a galgamentos costeiros, evitando-se circular e permanecer nesses locais

• Abster-se de praticar actividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando-se ainda o estacionamento de veículos muito próximos da orla marítima

• Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Protecção Civil e das Forças de Segurança.


Nova Imagem

Nova imagem da União das Freguesias de Santiago e Póvoa

Posted on Posted in Avisos / Informações

Neste mundo cada vez mais globalizado, tudo vai mudando, tudo se vai adaptando às novas exigências, tudo se vai modernizando. Nesse sentido, achámos que, também a “imagem” pública desta União de Freguesias necessitava de mudar, de se modernizar, de acompanhar os tempos desta era digital, de melhorar a forma e os meio como nos comunicamos com o mundo.

Surge assim o logótipo que aqui vos apresentamos, colorido, moderno, atual, mas ainda assim, carregado com toda a história que nos carregou até hoje. O Azul do Mondego, o Verde dos campos, os montes e vales, e fazendo jus ao epíteto “Miradouro da Estrela”, ela mesmo, a estrela dourada a espreitar no horizonte.

Esperamos que seja do agrado de todos, e que ela ajude a melhor difundir as terras, gentes e costumes na nossa União das Freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães.

Um abraço amigo,

Rui Valério


Feirinha de Natal 2017

Feirinha de Natal

Posted on Posted in Atividades, Avisos / Informações

Domingo, dia 17 de Dezembro, entre as 8h e as 18h o Largo da Fonte em Santiago de Cassurrães vai ser uma animação. Ali se vai realizar uma Feirinha de Natal onde poderá encontrar produtos regionais, artesanato, gastronomia local, vinho regional e muito, muito mais. A animação vai estar a cargo do Rancho Folclórico Coração da Beira e da Banda Capitão Mondego.

Esta é uma organização conjunta da União de Freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães, e da Câmara Municipal de Mangualde.

Não faltes.

Feirinha de Natal 2017

alerta-peq

Governo prorroga novamente o período crítico de incêndios

Posted on Posted in Avisos / Informações

Após nova avaliação das condições meteorológicas, o Governo voltou a prorrogar o período crítico de incêndio, tendo em conta «a provável ausência de precipitação significativa».
Trata-se de uma circunstância que «promove a manutenção dos índices de perigo de incêndio em valores superiores aos típicos para a presente altura do ano», pode ler-se no despacho do Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel João de Freitas, publicado em Diário da República.
O documento determina que, «face ao exposto, considera-se prudente manter a adoção das medidas e ações especiais de prevenção de incêndios florestais, que decorrem durante o período crítico, no âmbito do Sistema de Defesa da Floresta contra Incêndios».
Por este motivo, «é prorrogado até 23 de novembro o período crítico no âmbito do Sistema de Defesa da Floresta contra Incêndios (…) por força das circunstâncias meteorológicas excecionais», pode ler-se no Despacho que entra em vigor a 17 de novembro de 2017.
Durante o período crítico de incêndios, nos espaços florestais ou agrícolas, é proibido:
• fumar, fazer lume ou fogueiras;
• fazer queimas ou queimadas;
• lançar foguetes e balões de mecha acesa;
• fumigar ou desinfestar apiários, salvo se os fumigadores estiverem equipados com dispositivos de retenção de faúlhas;
• fazer circular tratores, máquinas e veículos de transporte pesados que não possuam extintor, sistema de retenção de fagulhas ou faíscas e tapa chamas nos tubos de escape ou chaminés.

Fonte da notícia: Mangualde Online


Bem Vindo - Aqui vais ser feliz.

Bem vindo – Aqui vais ser Feliz!

Posted on Posted in Atividades, Avisos / Informações

O executivo da União de Freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães, decidiu agraciar, todos os bebés nascidos nesta União de Freguesias a partir do dia 1 de Outubro de 2017, com uma pequena lembrança, como forma de desejar o melhor para os pais, muitas felicidades ao bebé e simultâneamente lembrar e incentivar a criação de raízes nesta região.

Lembrança para bebés

Lembrança para bebés

Esta foi a 1.ª entrega, de muitas… Assim o desejo,

Rui Valério


alerta-peq

Prorrogação de Período Crítico ATÉ 15 DE NOVEMBRO

Posted on Posted in Avisos / Informações

É prorrogado até 15 de Novembro o período crítico no âmbito do Sistema de Defesa da Floresta contra Incêndios, por força das circunstâncias meteorológicas excecionais nomeadamente a provável ausência de precipitação significativa que promoverá a manutenção dos índices de perigo de incêndio em valores superiores aos típicos para a presente altura do ano.

Durante o período crítico de incêndios, nos espaços florestais ou agrícolas, é proibido:

  • Fumar, fazer lume ou fogueiras;
  • Fazer queimas ou queimadas;
  • Lançar foguetes e balões de mecha acesa;
  • Fumigar ou desinfestar apiários, salvo se os fumigadores estiverem equipados com dispositivos de retenção de faúlhas;
  • Fazer circular tratores, máquinas e veículos de transporte pesados que não possuam extintor, sistema de retenção de faúlhas ou faíscas e tapa chamas nos tubos de escape ou chaminés

Tenham em atenção estas regras e prazos para não incorrerem em possíveis coimas e/ou para que não provoquem incêndios.

O presidente,

Rui Valério


agradecimento

Agradecimento

Posted on Posted in Avisos / Informações

O executivo da União de Freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães informa que a recolha de bens essenciais para as vítimas dos incêndios, realizada no passado Domingo (22 de outubro de 2017), se traduziu num enorme sucesso.

Ao Agrupamento 1034 do CNE (Santiago de Cassurrães), à 1ª Companhia das Guias de Portugal de Santiago de Cassurrães e a todos e todas que contribuíram, com os vossos donativos, o nosso muito, muito Obrigado.

Pedem-nos também para informar, que os serviços camarários, responsáveis pelo armazenamento e distribuição dos bens recolhidos estão, por agora, sobre lotados.

Uma vez mais, o nosso agradecimento.

O presidente do executivo,

Rui Valério


cne

Apoio às vítimas dos incêndios

Posted on Posted in Avisos / Informações

A União de Freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães, associa-se à iniciativa do Agrupamento de Escuteiros 1034 de Santiago de Cassurrães, no sentido de promover, divulgar e auxiliar na recolha de bens para distribuição pelas populações carenciadas, vítimas dos incêndios que assolaram a região, que decorrerá no próximo dia 22 de Outubro. (Para mais informações ver imagem anexa e/ou contactar os elementos do Agrupamento e/ou do Executivo desta União de Freguesias.

Informa-se ainda que os bens recolhidos serão entregues no departamento de Acção Social da Câmara Municipal de Mangualde, responsáveis depois pela sua distribuição.

Desde já agradecemos a colaboração,

Rui Valério


Rui-big

Comunicado aos Fregueses e Freguesas

Posted on Posted in Avisos / Informações

Caros amigas e amigos,

No passado dia 14 de Outubro de 2017, tomou posse o novo executivo da União das Freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães, bem como os restantes membros eleitos.

Sei que vai ser um grande desafio, mas estarei à altura dos grandes desafios que nos esperam. Temos uma equipa forte e que já deu provas que estaremos presentes, para uma freguesia com futuro, para os mais jovens e menos jovens.

Todos vamos ter um papel fundamental neste projeto, as diversas competências de cada um vão ser fundamentais para um futuro melhor. Vou ouvir-vos e registar todas as ideias para nos tornarmos numa Freguesia mais forte e unida.

Vamos trabalhar para os mais jovens. Criaremos condições para que se sintam bem na nossa Freguesia e aqui constituam família.

Como vos foi transmitido durante a campanha eleitoral, o ordenamento florestal vai ser uma das nossas prioridades, trabalharemos com as entidades competentes para termos na nossa Freguesia um ordenamento florestal capaz, para que, em caso de incêndio, possamos proteger as nossas vidas e bens. Vamos criar uma floresta segura.

Não podia deixar de fazer um pequeno comentário sobre o “ataque terrorista” que o País sofreu, no passado dia 15 de outubro, e que também afetou a nossa freguesia.

  • Em primeiro lugar, agradecer a todos vós, fregueses, que fostes valentes na defesa dos vossos próprios bens e os do próximo.
  • Em segundo lugar, dizer-vos que tive que tomar a decisão que ninguém quereria ter de tomar, que foi a de proceder à evacuação do nosso Lar de S. José, podem agora perguntar-me o porquê de o ter feito, mas na altura e após uma avaliação no terreno foi a decisão mais acertada.
  • Em terceiro lugar, referir que o executivo a que presido, logo a partir da manhã do dia 16, entrou em contacto com as entidades competentes tais como: EDP, PT/MEO, Protecção Civil etc… e nessa mesma manhã acompanhou e continuará a acompanhar de perto, os fregueses/freguesas da nossa freguesia, para fazermos uma avaliação dos estragos causados pelo incêndio.

Finalmente, quero dizer que continuaremos no terreno e estaremos disponíveis para que, quem ainda não nos conseguiu transmitir os danos causados por esta tragédia, o possa fazer.

Estamos cientes do trabalho que temos pela frente e que são fruto da vontade, ambição e perseverança desta equipa que é digna da vossa confiança.

Um abraço amigo.
Rui Valério